A importância do estudo do meio para a educação

A experiência in loco é uma prática e significativa, que integra aprendizado teórico com a realidade do meio ambiente

Na inovação pedagógica, as metodologias de aprendizagem acontecem dentro e fora da sala de aula. O envolvimento do aluno com a matéria é bem mais proveitoso e dinâmico quando ele, por exemplo, pode vivenciar experiências em bibliotecas, laboratórios de informática ou química. Ultrapassar os portões da escola, para observar in loco, também é outra ótima maneira de potencializar o processo ensino-aprendizagem. A método utilizada para isso é conhecido como estudo do meio, que oferece aos estudantes a integração da teoria com a prática estudada, levando o conteúdo da aula para novos espaços e contextos culturais.

Segundo o educadora Daniela Rosini da Cruz, da Escola do Futuro Brasil, este tipo de projeto visa não apenas cumprir os objetivos estabelecidos pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular) para os estudantes, mas também proporcionar uma experiência prática e significativa, integrando o aprendizado teórico com a realidade do meio ambiente. “Com isso, espera-se que eles desenvolvam uma maior consciência sobre assuntos como, a importância da preservação ambiental, e se sintam motivados a agir como agentes de mudança em suas comunidades”, explica.

Projeto Rio Tietê

Ela conta que recentemente realizou um projeto sobre o Rio Tietê com cerca de 100 alunos dos quintos e quartos anos da EDF: “Foi uma oportunidade fantástica para ensinar os alunos sobre a importância ambiental de um dos rios mais conhecidos do Brasil. Num mesmo passeio eles aprenderam várias disciplinas, como: históricos, ao entender a evolução do Rio Tietê ao longo dos anos; geográficos, incluindo seu percurso e as cidades que ele atravessa; meio ambiente, ao discutir os problemas ambientais enfrentados pelo rio e as iniciativas de preservação; e cultura, ao explorar a importância cultural e econômica do tietê para a região”, detalha.

Segundo Daniela, na visita guiada os estudantes puderam ter uma visão geral do Rio Tietê, incluindo a nascente, em Salesópolis, e o percurso, compreendendo a sua importância histórica e ambiental. “Eles observaram o ambiente natural e identificaram a vegetação local. Conheceram uma usina hidrelétrica próxima para entender o funcionamento e a importância da energia limpa. Perceberam os impactos da ação humana e poluição no meio ambiente e a degradação ambiental na nascente, e com isso foram estimulados a consciência ecológica e a responsabilidade social. Se aprofundaram na linha do tempo do rio, as relações entre sociedade e ambiente ao longo do tempo, ao saberem dos eventos importantes na história do rio, como a chegada dos bandeirantes, o desenvolvimento das cidades ao longo do trajeto e a industrialização. E, ainda fizeram uma pesquisa em grupos sobre o período histórico do Tietê, desenvolvendo as habilidades de observação, análise e reflexão crítica”, comenta a professora.

Toda essa experiência foi registrada em fotografias e elaboração de diários de bordo durante a visita. “Depois disto, os estudantes tiveram uma discussão em sala de aula sobre as observações feitas e os impactos constatados, e fizeram também uma análise de vídeos e documentários sobre a preservação ambiental e a recuperação de rios. Outra atividade é a elaboração de um projeto em grupo sobre a preservação do Rio Tietê, incluindo propostas de ações para mitigar os impactos ambientais e a apresentação dos projetos em sala de aula, estimulando a expressão oral e a argumentação. Na avaliação dos projetos finais é levando em consideração a criatividade, o embasamento teórico e a viabilidade das propostas”, esclarece a educadora.

Visita à fábrica de Chocolate

Thais Godoy de Azevedo Gabardo, que também é educadora da Escola do Futuro Brasil, realizou um estudo do meio, com cerca de 37 alunos do 6º ano, visitando uma fábrica de chocolate, localizada na Estrada Antiga de Itu. O objetivo foi acompanhar todas as etapas de produção, dentro do projeto interdisciplinar relacionado ao livro “Charlie and the Chocolate Factory”, do escritor Roald Dahl, e todo o processo social e cultural que envolve o cacau como matéria-prima utilizada em vários campos da vida moderna. “É um trabalho desenvolvido com professores de várias disciplinas, onde os alunos têm visto o cacau de diferentes perspectivas, como: como moeda de troca; o consumo do chocolate ao redor do mundo; clima, terreno e etc.; os processos do plantio e a distribuição; as máquinas necessárias no processo da fabricação do chocolate; o que a ingestão de chocolate causa no corpo humano; os alunos montaram equipes que se tornaram empresas com o SEBRAE, aprendendo sobre planilhas e precificação; propaganda em produção de texto e o desenvolvimento de site para empresas”, relata. 

Ela salienta que a visita à fábrica foi de extrema importância para que todo o processo de aprendizagem dos alunos se tornasse palpável. No local eles fizeram um tour pelas dependências tendo como guia um funcionário, que contou toda a história de como o empreendimento começou. “Além disso, os alunos interagiram entre si, entenderam os processos, falaram dos métodos que apresentaram na STEAM Fair e saíram do passeio mais empolgados com todo o evento. Os alunos levaram para casa não só um grão de cacau torrado, mas uma bagagem de aprendizagem e diversão”, detalha. Eles também degustaram chocolate 85% cacau, para sentirem o sabor do cacau mais puro e ainda se divertiram nos brinquedos da fábrica, comeram lanche e fizeram compras de chocolate. 

O estudo do meio é uma maneira divertida e interativa, que gera engajamento e desperta o aluno para novas questões e aprendizado. “Ao sair para observar, o estudante tem a oportunidade de interagir e vivenciar novas experiências acerca do que é estudado na escola, instiga à ampliação de repertórios para construção de novos saberes, conceitos, habilidades e atitudes. Na infância e adolescência é fundamental instigar a criatividade e curiosidade, pois é o momento oportuno para o desenvolvimento da inteligência”, completa a diretora Ivonne Muniz.

Posts Recentes

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!

Procurando Vagas de Emprego? Acesse o Link Abaixo:

Para Agendar Uma Visita e Conhecer a Escola do Futuro Clique no Link Abaixo:

Acreditação Internacional Cognia
Play Video
Play Video
Play Video
Play Video
Play Video